Mensagens

A mostrar mensagens de 2013

Papa Francisco - a propósito do Sacramento da Reconciliação

Imagem
Creio «na remissão dos pecados». Deus perdoa o homem na sua soberana misericórdia, mas Ele mesmo quis que as pessoas que pertencem a Cristo e à sua Igreja recebam o perdão através dos ministros da Comunidade. Para isso, a Igreja é depositária do «poder das chaves»: «Dar-te-ei as chaves do Reino dos céus. (…) Tudo o que desligares na Terra será desligado no Céu». Mas o protagonista do perdão dos pecados é o Espírito Santo. A Igreja não é senhora deste poder das chaves, mas serva do ministério da misericórdia e fica feliz sempre que pode oferecer este dom divino. Às vezes, ouve-se dizer: «Eu confesso-me directamente a Deus». É verdade que Deus sempre te ouve, mas, no sacramento da Penitência, manda um irmão trazer-te o perdão. O sacerdote confessor deve estar ciente de que o irmão ou irmã que se abeira dele, procura o perdão e fá-lo como tantas pessoas se abeiravam de Jesus para que as curasse. Os fiéis penitentes têm o direito de encontrar, nos sacerdotes, servidores do perdão de Deus.

Plano Pastoral Diocesano - Guarda

Imagem

Mensagem no encerramento do ano da Fé - Bispo da Guarda

Imagem
Aos Fiéis e às comunidades de Fé da Diocese da Guarda
O Papa Bento XVI convocou o ano da Fé com a carta apostólica Porta Fidei (11 de Outubro de 2011). Nela nos dizia que a porta da Fé introduz na vida de comunhão com Deus e permite a entrada na Igreja (cfr. nº1). O ano da Fé foi assim um convite especial feito a todos nós para entrarmos por esta porta, na certeza de que a comunhão com Deus vivida na comunhão da Igreja cumpre  as esperanças mais fundas que atravessam o coração humano. De facto, a Fé constitui o grande dom de Deus oferecido a cada um de nós através da Pessoa de Seu Filho Jesus Cristo; sendo a relação com Ele determinante para que se cumpra a própria vocação humana enquanto tal. Isto nos diz também o Papa Francisco, na encíclica sobre a Fé, Lumen Fidei (29.06.2013), onde nos recorda a relação do ano da Fé com o cinquentenário do Concílio Vaticano II. Este Concílio foi, de facto, um concílio sobre a Fé, por sublinhar como a nossa vida tem de mostrar sempre o primado de …

Manhãs de espiritualidade - Liga dos Servos de Jesus

Imagem

Romagens aos Cemitérios 2013

Imagem

Calendário dominical

Imagem

Dia de jejum e oração pela paz na Síria

Imagem
O Santo Padre fez o apelo e nós respondemos com sinceridade e abertura de coração. Fica aqui uma oração pela paz na Síria, cuja fonte é o site Aleteia.

Deus de Compaixão,escuta o clamor do povo Sírio,
conforta os que sofrem violência,
consola os que choram os seus mortos.
Fortalece os países vizinhos para que acolham os refugiados.
Toca os corações dos que recorrem às armas
e protege os que trabalham pela paz.
Deus da Esperança,
inspira os líderes para que escolham a paz em vez da violência e para que procurem a reconciliação com os seus inimigos.
Inflama a compaixão na Igreja Universal para com o povo Sírio
e dá-nos esperança num futuro com base na justiça para todos.
Nós Te pedimos por Jesus Cristo, Príncipe da Paz e Luz do mundo.
Amém.

“Recebei o Espírito Santo” (cf Jo 20,19-23) - Pentecostes

Imagem
Receber o Espírito Santo é aceitar a graça de experimentar o Amor. Experimentar o Amor tendo Jesus como Mestre e guia da vida. Por isso Ele dá aos seus discípulos o Espírito Santo, para que eles levem no coração a experiência do amor e a testemunhem e vivam pelo mundo fora. Jesus hoje continua a dar-nos o Espírito Santo e a dizer-nos: “Recebei o Espírito Santo”. Recebemo-lo de facto? Não andarei eu (andaremos nós) distraído com outras coisas que não a vivência da experiência do amor de Deus em mim e no mundo que me rodeia???
As línguas descidas do céu são o sinal da comunicação. É preciso levar a mensagem com a nossa própria língua,… com a nossa própria vida. Cada vez que não aceitamos a Palavra no nosso coração e não damos um verdadeiro testemunho dela, estamos a renunciar ao Espírito Santo. As línguas de fogo descidas do céu são sinal de laços criados com os discípulos (connosco) fazendo o mesmo desafio hoje: criar relações serenas, verdadeiras, de amor com o nosso próximo! Quem é …

Jornada Arciprestal da Fé - Celebração da fé

Imagem
A Jornada Arciprestal da Fé, no Rochoso, decorreu desde o dia 7 de Abril e teve o seu culminar no dia 5 de Maio. Entre as os "Encontros..." em cada Domingo (momentos de catequese e oração), os encontros de pastoral dos vários grupos de cooperadores com o Pastor da Diocese (Sr Bispo), o "laço de Adoração" ao Santíssimo Sacramento (em todas as paróquias), o retiro pascal (adultos e jovens), a "peregrinação de Fé" e a "celebração da Fé", foram tempos de encontro com Deus. Muitos e muitas se empenharam e disponibilizaram as suas vidas para viver estes tempos, que não terminam, mas continuam em cada pa´roquia, em cada família, em cada grupo de amigos, em cada coração. Aqui fica uma breve reportagem fotográfica da celebração da fé.













«Senhor, Tu sabes tudo, bem sabes que Te amo».(cf Jo 21,1-19)

Imagem

Peregrinação à Polónia | 20 a 27 Julho de 2013

Imagem
Peregrinação à Polónia 20 a 27 Julho de 2013 | Arciprestado do Rochoso