Paróquias
Adão, Ade, Albardo, Amoreira, Cabreira, Casal de Cinza, Castanheira, Cerdeira do Côa, Marmeleiro, Mesquitela, Miuzela, Monte Margarida, Monteperobolso, Parada, Porto de Ovelha, Pousade, Rochoso, Seixo do Côa, Valongo do Côa, Vila Fernando e Vila Garcia

sábado, abril 04, 2015

RESSUSCITOU !!! ALELUIA !!!


        Domingo de Páscoa   2015    
       Acabou o teatro … religioso, a tradição cultural, o espectáculo turístico que encheu as ruas. Correram o pano, rolaram a pedra e fecharam o sepulcro. E cada um voltou para sua casa.
  Muitos discípulos de Jesus acabaram aqui. Para muitos a religião acaba aqui. Quando acaba a função religiosa, a procissão multitudinária, bonita e comovente.
    Hoje, uma notícia abalou alguns poucos, em Jerusalém. O palco voltou a abrir …a pedra apareceu rolada para o lado e, dentro, apenas resta o lençol que envolvera o cadáver de Jesus.
Que se passou?! Os chefes dos judeus mandam divulgar a explicação imediata: os discípulos de Jesus roubaram e esconderam o seu corpo. Mas, nem os discípulos sabem que dizer!!
   Ao longo de alguns dias eles voltaram às suas memórias. Nelas encontraram a explicação: “ao terceiro dia ressuscitarei!” . Na verdade, “ Deus ressuscitou-O e concedeu-lhe que se tornasse visível, não a todo o povo mas às testemunhas…a nós que comemos e bebemos com Ele” (Act.10). Jesus pertence agora a “outra dimensão” que só podemos captar e viver pela fé.
    De facto para entender a nova Realidade há que colocar os “óculos” da fé, que nos permitem perceber a outra dimensão da realidade. Como no cinema 3D , sem óculos próprios, a imagem aparece desfocada. Só com esses óculos entramos, nos sentimos envolvidos no cenário e na acção.
A Fé dá-nos a capacidade de ver além do espaço e do tempo, de sentir-nos envolvidos numa nova dimensão: a dimensão da Eternidade, da plenitude de Ser e Viver, a dimensão de Deus.
    A Ressurreição é esta passagem da nossa dimensão “do espaço e do tempo” que se encerra na morte, para a dimensão da Eternidade. Por ela, pela ressurreição, que no baptismo já vivemos sacramentalmente, “ a nossa vida está já escondida com Cristo em Deus “, pertencemos já “ao alto” à outra dimensão, à glória, que um dia se manifestará em nós (Col.3).
    Como muitos discípulos “nós sabemos o que sucedeu em toda a Judeia, depois do baptismo que João pregou”. Sabemos! Como Pedro e João nós corremos o caminho da Via sacra e vimos o sepulcro vazio. AGORA, DEPOIS DE VER, É PRECISO ACREDITAR , “para receber, pelo Seu nome, a remissão dos pecados”(Act.10). Só a fé, nos deixará ver o Invisível, a Terceira dimensão do que somos, a Eternidade que Jesus enxertou em nós no baptismo. É essa fé, essa relação de amor, e confiança em Jesus que podemos e temos de alimentar em cada dia, em “cada primeiro dia da semana”, em cada encontro semanal com Jesus ressuscitado: a Eucaristia.
                                               Só assim a Páscoa será acontecimento novo e definitivo, que nos faz pessoas novas e definitivas, porque estamos já enxertados na Eternidade e na Vida de Deus. Assim, de verdade, podemos dizer: BOAS  FESTAS  !!!                                                            (Pe. António F. Coelho)