Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2015

Cristo Rei!

                                                    Cristo ReiB2015 Parece um contrassenso, e a muitos dará para rir, festejarmos Cristo Rei! Se as igrejas dos seus seguidores estão em decadência… se a civilização, que ainda conta o tempo a partir dele, já não respeita o seu dia nem as suas palavras… se, como é evidente, as “verdades” que governam o mundo parecem ser outras?!Até parece repetir-se a cena do tribunal de Pilatos: tu és o Rei dos judeus? ! Que engraçado! Olha o que o teu povo diz e te faz!                                                                       
É cada vez mais compreensível a resposta de Jesus: “O meu reino não é deste mundo”! Neste mandais vós, e por isso anda assim! O meu Reino é de outra ordem e dimensão. É o reino da Verdade. E eu vim ao mundo para dar testemunho da verdade. E quem é da Verdade escuta a minha voz, entrará no meu reino … sem deixar de pertencer à república deste mundo.
Assim, Jesus não é concorrente às eleições do mundo. Ele reina onde há V…

O Juízo (CIC.1021 ss)

                                                     32º Domingo Comum B ,  2015
Comove-nos a confiança ilimitada da viúva na palavra do profeta Elias que lhe alcança de Deus o alimento diário, até ao fim daquela época de fome. E a viúva do Evangelho obtém o elogio de Jesus por ter lançado, confiante, na caixa das esmolas, as duas pequenas moedas de que tanto necessitava.
Inversamente, Jesus adverte seriamente os escribas pelo seu orgulho e presunção, por enganarem e roubarem os pobres, por julgarem até comprar os favores de Deus com as suas esmolas avultadas. "Hão-de receber recompensa tanto mais severa" - adverte Jesus.
Dois retratos de então, plenos de actualidade hoje. As desigualdades gritantes; as injustiças escandalosas sem penalização; a corrupção descarada; a exploração económica e ideológica dos mais fracos; Indignante e revoltante! Mas será possível que tanta mentira e maldade vençam? Será que a lei da selva, do mais forte, é o princípio supremo da vida social? Desde …